Skip navigation

Tag Archives: linux

Essa semana foi publicada uma entrevista de Linus Torvalds na Computer World. A entrevista aborda diversos assuntos em torno do Linux, mas o que eu achei mais interessante foram as reflexões de Linus Torvalds a respeito de como o Linux se beneficiou do fato de ter o código fonte aberto.

“CW – Como é que o Linux enquanto produto foi beneficiado pelo release (público)?

Torvalds – Bom, muito claramente, caso não o tivesse tornado público, teria sido apenas mais um dos meus pequenos projetos, sendo usado nas minhas máquinas, mas eventualmente teria sido deixado de lado sob um argumento do tipo: “é uma projeto bacana, mas deixa eu ver o que mais posso fazer”. O Linux não teria ido a lugar algum não fosse a abertura do código-fonte.”

Algo parecido aconteceu com o Blender. Em 1998, o Blender começou a ser desenvolvido por uma empresa chamada NaN. O objetivo da NaN era criar uma plataforma de modelagem 3D e animação de nível profissional e que fosse distribuída gratuitamente, porém com o código fonte fechado. A empresa conseguiu vários investidores que financiaram o desenvolvimento do Blender e, no ano 2000, tinha cerca de 250.000 usuários registrados do software.

Porém, esse modelo de negócio não estava conseguindo sustentar a empresa e, em 2001, ela partiu para a venda de softwares, lançando nas lojas o Blender Publisher. No entanto, as vendas do Blender não foram satisfatórias e a NaN acabou indo à falência.

No ano de 2002, Tom Roosendaal, um dos fundadores da NaN, criou a Blender Foundation e iniciou uma campanha para arrecadar dinheiro, comprar os direitos autorais sobre o código fonte do Blender e o liberar como software livre.

A partir daí o Blender conseguiu reunir vários voluntários e hoje é um software de alta qualidade técnica. Ou seja, não fosse a abertura do código fonte, o Blender não teria ido a lugar nenhum.

Outro ponto interessante da entrevista é o que Linus fala do uso comercial do Linux.

“O fato é que desde o início interesse comercial era muito importante. As distribuições comerciais foram o que atraiu um monte de ótimos instaladores, e forçou as pessoas a melhorar a usabilidade. Por isso acredito que os usuários comerciais do Linux têm sido muito importantes para aprimorar o produto. Eu sei que todo o pessoal técnico envolvido tem sido de enorme importância, mas penso que o tipo de uso comercial que se pode obter com o GPLv2 também é importante – é preciso manter um equilíbrio entre a tecnologia pura e as necessidades que os usuários trazem através do mercado.”

Essa relação do Linux com o mercado é um tema que causa muitas discussões nas comunidades de software livre e é um dos pontos que eu pretendo estudar na minha monografia, a qual vai tratar do Blender e de mais alguns assuntos relacionados à forma como ele se desenvolveu.

Fontes:

Entrevista de Linus Torvalds

Blender History

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.