Skip navigation

Tag Archives: trabalho

Hoje é o primeiro dia de trabalho após duas semanas de recesso. Tô com uma preguiça enorme e um desânimo de trabalhar. O que mais me agonia desse emprego é ter que ficar fixado num local todo o tempo, principalmente quando lembro que eu poderia estar fazendo tanta coisa diferente, conhecendo novos lugares, novas pessoas…

Acho que tá faltando emoção… Talvez umas viagens nos fins de semana resolvam ou, daqui a um tempo, algo me anime mais, ou eu consiga ir morar em outro lugar… Desde o início do recesso, estou refletindo bastante sobre as metas pros próximos meses de vida. Acho que no final de janeiro, já as terei bem definidas…

Em novembro do ano passado, fui até a cidade de Piaçabuçu fazer oficinas com o Ponto de Cultura Olha o Chico. Piaçabuçu fica próximo à foz do Rio São Francisco, no estado de Alagoas. A cidade tem cerca de 20 mil habitantes e boa parte vive da pesca e do turismo.

Aproveitando o potencial da feira de reunir muitas pessoas em um só local, tivemos a idéia de montar a rádio feira. Levamos um notebook, uma mesa de som, microfone e amplificador e abrimos o espaço para os feirantes anunciarem seus produtos e contar suas histórias. O vídeo registra essa intervenção midiática e mostra a necessidade de os meios de comunicação serem apropriados pelas comunidades.

Download do vídeo: 83 MB Ogg/theora

Aproveitei minhas férias na Bahia, para fazer uma oficina em Vitória da Conquista, no ponto de cultura “Música para Todos”. Vitória da Conquista fica no sudoeste da Bahia, próximo de Brumado, a cidade em que nasci e morei até meus 18 anos.

A oficina foi uma das mais divertidas e produtivas que já fiz. Focamos em áudio e vídeo que são os principais interesses da galera do ponto (na verdade, mais em áudio do que em vídeo) e saímos de lá com três músicas e um clipe gravados.

As músicas são “Corda-bamba“, “Música” (sim, o nome dá música é “música”!) e, a que eu mais gostei, “Concerto Nordestino“.

A música “Corda-bamba” é composição do Maestro João Omar, o qual é filho de Elomar, um conhecido cantor e compositor popular da Bahia. O “Concerto Nordestino” foi improvisado pelo João Omar no violoncello e pelo Kessller no pandeiro. É uma mistura de violoncello com pandeiro, de erudito com repente, às vezes me lembra uns sons de rabeca de Pernambuco. Já “Música” é de Paulo Macedo e conta mais uma vez com João Omar no violoncello. E fizemos também um clipezinho dela.

Já estávamos há cinco dias no assentamento do MST no Quissamã, um povoado perto de Aracaju. No último dia, resolvemos ir num boteco do assentamento antes do almoço. Entre algumas partidas de sinuca, cervejas e refrigerantes, conhecemos o dono do bar, o Seu Paraíba. Ele falou que ficou sabendo que a gente tava trabalhando com áudio e vídeo e começou a cantar as músicas dele. Cantou mais de dez músicas. Daí surgiu a idéia de gravar as músicas dele. Convidamos ele a aparecer no local do assentamento onde tava acontecendo a oficina.

Esperamos até três horas da tarde, como ele não apareceu, resolvemos colocar o computador em um carrinho de mão e ir até o bar dele para gravar as músicas. Também filmamos o Seu Paraíba cantando e a surpresa dele ao ouvir o cd com suas músicas pela primeira vez.

O vídeo foi produzido em outubro de 2006. Eu fiz a câmera e as entrevistas e a edição foi feita por várias pessoas durante o festival submidialogia #2, em Olinda/PE.

gif seo paraiba

Download – 50 MB – Formato OGG

Dei uma oficina de Produção de áudio e vídeo com software livre na Capacitação dos Monitores da Casa Brasil – Arapiraca. Fizemos um clipe que mostra um pouco do que aconteceu por lá. A produção foi coletiva, com várias pessoas filmando e eu e o Claudivan, futuro monitor do estúdio da Casa Brasil, editamos. A música de fundo é “Oslodum” do Dj Dolores.

Download do Clipe – 38 MB – Formato OGG

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.