Skip navigation

Passei mais um período longe deste blog, como já é habitual. Sempre alterno entre períodos de atividade e inatividade.

Estou planejando migrar pra meu domínio próprio, o wille.blog.br. Já comprei o domínio, mas só quero estreá-lo após fazer um tema de wordpress. Como não sou muito bom em design, pode demorar um pouco. De toda forma, quero utilizar um tema feito por mim mesmo para que o blog tenha mais minha cara.


Não contei pra muita gente, mas conquistei uma vaga no curso Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Exatas e Tecnológicas da UFRB (a universidade em que eu trabalho). Entrei no curso como portador de diploma. O motivo de eu ter contado pra pouca gente sobre ele é que não sei o exatamente o quanto vou conseguir me dedicar. O bacharelado interdisciplinar é uma nova modalidade de cursos que o MEC vem incentivando. No caso deste bacharelado, consiste de três anos de matérias comuns à maioria dos cursos de exatas. Após este período, o aluno pode completar os estudos com mais dois anos de alguma engenharia, de um curso de física ou de matemática. Acho a ideia interessante, porém considero que três anos é muito tempo para a parte comum e dois anos pouco pra parte específica… Minha matrícula foi hoje e as aulas estão começando esta semana. O horário está muito mal distribuído ao longo da semana, o que vai dificultar bastante minha frequência nas aulas. Todavia, vou tentar cursar três matérias neste semestre: Cálculo I, Geometria Analítica e Processamento de Dados I. Vamos ver no que dá…


Há cerca de um mês, mudei de casa, mas continuo em Cachoeira. Agora tenho uma moradia mais confortável, o que ajuda bastante a levar a vida nesta cidade.


Mês que vem vou participar do IV Festival de Software Livre da Bahia, em Salvador. Estive na última edição e gostei muito. Esta promete ser melhor ainda. Também ando pensando em ir para o FISL 10, em Porto Alegre, no final de Junho. Vou formatar dois artigos pra inscrever no workshop de trabalhos acadêmicos. Se algum deles for aprovado, com certeza irei.


Próximo fim de semana, aproveito o feriado local de 13 de março pra dar um pulo em Aracaju. Três dias de praia, trabalho em GNU/Linux e amigos/as (pensando em estender por mais um dia!).


Até mais…

Screenshot do Stellarium

Screenshot do Stellarium

Desde muito tempo, gosto de observar o céu à noite. Inicialmente, eu gostava de usar o KStars para identificar e descobrir os nomes dos astros, mas depois descobri o Stellarium e adotei este como meu software de astronomia preferido. A forma como Stellarium mostra o céu facilita bastante a identificação dos astros, além disso, um recurso muito interessante é que ele pode mostrar imagens representadas pelas constelações.

O Stellarium está disponível em vários idiomas, inclusive em português, e roda em GNU/Linux, Mac OS e window$.

Esta semana eu fiz a tradução da homepage do Stellarium para português.

Homepage do Stellarium em português

Homepage do Stellarium em português

convmv -r –notest -f iso-8859-1 -t utf-8 arquivo

Essa é a solução se você tiver vários arquivos com codificação errada (causada por acentos e cedilhas no nome do arquivo) no GNU/Linux. Você pode também indicar o endereço de uma pasta e o programa faz a conversão do nome para utf-8 de forma recursiva.

Meu vídeo ‘Um tango pra Derrubar o Poder‘ será exibido no próximo sábado, dia 17, no programa Olhaí, na Aperipê TV, a televisão pública de Sergipe. O programa começa às 15h30.

De volta à praia! dessa vez fui à Cabuçu, praia na Baía de Todos os Santos, perto da cidade de Santo Amaro. Pra quem, como eu, não gosta de barulho e multidão, é necessário andar um pouco até uma parte mais deserta. Apesar de estar numa Baía, a praia tem algumas ondinhas, principalmente na maré cheia. O mais estranho é que, de lá, avistamos terra em quase toda a linha do horizonte, inclusive alguns prédios da cidade de Salvador.

cabuçu-01

cabuçu-02

cabuçu-03

cabuçu - cidade-alem-2

Salvador vista de Cabuçu... quase uma miragem.